Conheça as características, variações, aplicações e muito mais. Tire agora todas as suas dúvidas sobre parafuso Allen!

Procurando um parafuso versátil, resistente, ideal para lugares com pouco espaço disponível e que garanta a qualidade e segurança do material fixado? Conheça o Allen, um dos fixadores mais reconhecidos e utilizados dos tempos atuais. Sua história começa há mais de 100 anos, em pleno período da 2ª Revolução Industrial, quando a criação de um novo modelo de parafuso foi necessária para solucionar problemas de segurança nas fábricas. O produto ganhou forças no mercado e hoje, um século depois, apresenta-se como indispensável na fabricação de máquinas.

Mas o que diferencia o parafuso Allen dos demais? Para que você conheça tudo sobre esse elemento de fixação tão importante, reunimos diversas informações neste conteúdo completo. Por aqui, você vai aprender:

  • Características do parafuso Allen;
  • A origem do nome Allen;
  • Variações de parafusos sextavados internos e suas aplicações;
  • Uso de acabamentos;
  • Principais aplicações do parafuso Allen;
  • Dúvidas frequentes.

 

Características do parafuso Allen

Talvez você ainda não conheça muito sobre o parafuso Allen, mas já deve ter ouvido falar por aí de outro item semelhante: o parafuso sextavado. Com sua cabeça hexagonal, de 6 faces (daí o nome), o sextavado possui uma versatilidade incrível e é quase onipresente em vários segmentos de mercado, da fabricação de máquinas a montagens de edificações na construção civil, utilizado em inúmeros tipos de obras. Mas, enfim, qual é a relação entre os fixadores Allen e sextavado?

A resposta se encontra na própria nomenclatura: o Allen também é conhecido como sextavado interno. Isso é, a fenda hexagonal encontra-se embutida nas cabeças dos parafusos – que podem ser cilíndrica, chata ou abaulada – ou diretamente na haste do parafuso que, neste caso, se denomina “sem cabeça”. Dessa maneira, o parafuso Allen é utilizado em locais com pouco espaço, que dificultam o uso de ferramentas convencionais, como chaves de boca, e garante um bom aperto.

 

Características do parafuso Allen

A peça é fabricada com aço de alta resistência à tração – principalmente em aço liga e aço inox –, costuma ter classe de resistência de 12.9 e pode ser encontrado tanto com rosca por polegada quanto com rosca métrica.

Aprenda mais sobre esses conceitos em nosso conteúdo completo sobre barras roscadas.

A origem do nome Allen

Mas, afinal, por que o sextavado interno é chamado de Allen? O nome vem lá de sua data de surgimento, em aproximadamente 1910. No início do século XX, a empresa estadunidense Allen Manufacturing Company identificou uma falha de segurança envolvendo os parafusos com cabeça quadrada que, até então, eram majoritariamente utilizados nas fábricas: o formato angular das peças frequentemente ficava preso nas roupas dos trabalhadores e causava acidentes. A solução traçada pela empresa foi desenvolver um parafuso com uma fenda sextavada posicionada internamente.

O produto começou a ganhar popularidade especialmente no período após a Segunda Guerra Mundial. Teve patente registrada por seu fundador homônimo, Willian G. Allen, e, atualmente, é direito reservado do Apex Tool Group. Na época, o anúncio da peça já destacava seu diferencial: “o único parafuso de fixação do mercado com segurança garantida”.

A origem do nome Allen

Anúncio da Allen Manufacturing Company divulgando seu inovador parafuso, datado em 1913. Fonte: Wikipedia.

Variações de parafusos sextavados internos e suas aplicações

Assim como os demais modelos de parafuso, o Allen pode ser encontrado em diversas variações da sua anatomia, sejam elas na cabeça ou na ponta da peça. Conheça um pouco mais sobre elas e descubra suas principais aplicações.

Parafuso Allen com Cabeça Chata (DIN 7991)

Conhecido também como parafuso Escareado, possui cabeça com a parte superior lisa e a parte inferior em formato de cone. Isso permite que a cabeça do parafuso fique embutida na peça de fixação, tornando-o quase imperceptível e mantendo a superfície nivelada.

 Parafuso Allen com Cabeça Abaulada (DIN 7380)

Desenvolvido para ser utilizado em materiais com espessura muito fina, o que impossibilita o uso de parafusos escareados. Entre eles: montagem de máquinas, equipamentos e manutenções.

Parafuso Allen de Corpo Retificado (ISO 7379)

Também chamado de “parafusos de ajuste”, os itens com corpo retificado atuam para manter molas e elementos alinhados. Bastante utilizado em construção mecânica e moldes de injeção.

 Parafuso Allen com Cabeça Cilíndrica (DIN 912)

Devido à cabeça de maior medida, a fenda interna garante boa fixação e o aperto é extremamente eficaz. É utilizado em aplicações com elevadas forças de trabalho, que exigem alta resistência da peça, como: montagem de máquinas e equipamentos, ou nas áreas de manutenção e ferramentaria na fixação de ferramentas de usinagem.

Parafuso Allen com Cabeça Cilíndrica Baixa (DIN 7984)

Semelhante ao modelo DIN 912, porém sua cabeça possui menor altura. É indicado para aplicações em locais com pouco espaço para fazer o manuseio, como: maquinários industriais, veículos, móveis e estruturas metálicas.

Aproveite e veja 5 cuidados essenciais na montagem de estruturas metálicas.

O parafuso Allen também pode ser encontrado em variações sem cabeça. Os modelos são fabricados com diferentes tipos de pontas, de acordo com sua aplicação: em engrenagens, volantes, eixos e muito mais. Conheça os diferentes modelos de ponta:

 

  • Ponta plana – DIN 913;
  • Ponta cônica – DIN 914;
  • Ponta Half Dog – DIN 915 (ponta plana e sem rosca, com diâmetro menor que a haste roscada);
  • Ponta côncava – DIN 916.

 

 Bujão de Pressão

Com haste pequena e sem cabeça, o bujão de pressão é utilizado para garantir vedação hidráulica, funcionando como um “tampão”. Disponível de acordo com as normas DIN 906, DIN 908 e DIN 910.

Todos os parafusos são fixados com uma chave hexagonal específica, em formato de “L”, também chamada de chave Allen. Importante reforçar que as normas DIN, citadas acima, foram criadas pelo Instituto Alemão para Normatização e representam a Organização Internacional de Padronização (ISO) no Brasil.

Entenda mais sobre as normas e especificações de parafusos.

 Uso de acabamentos

O parafuso Allen geralmente é submetido a um tratamento térmico após sua conformação para retirar o fosfato e garantir maior durabilidade e resistência à peça. Além disso, os acabamentos mais comuns são: oleado, oxidado e passivado (aço inox).

  • Oleado: como o próprio nome já indica, o produto recebe uma camada de óleo residual que garante leve resistência à corrosão;
  • Oxidado: a oxidação negra consiste na imersão da peça em um produto que modifica a superfície do parafuso e cria uma camada preta que garante maior proteção contra a corrosão.
  • Passivado: acabamento superficial que tem a finalidade de homogeneizar a camada passiva, criada de forma espontânea da combinação do cromo, presente na estrutura do aço inoxidável, com o oxigênio da atmosfera.

Conheça 7 principais tipos de revestimentos para parafusos.

 Dúvidas frequentes sobre parafuso Allen

Ainda que seja um item extremamente popular, o parafuso Allen costuma gerar diversas dúvidas sobre seu uso, especialmente em relação à sua fenda hexagonal interna. Selecionamos as principais e respondemos para você.

 1. Como medir a bitola do parafuso Allen?

Existem duas diferentes maneiras de definir a bitola (medida da rosca) de um parafuso: medindo a dimensão maior do parafuso, sempre sobre a rosca; ou verificando o passo de rosca, medida entre dois filetes consecutivos, usando como referência a crista da rosca. Para exemplificar:

Como medir a bitola do parafuso Allen?

Ao medir o comprimento de um parafuso, é necessário conferir a distância entre a ponta da rosca até o fim da parte da cabeça que ficará embutida na peça ou fará contato com ela. Isso varia de acordo com o parafuso Allen utilizado: cabeça cilíndrica, abaulada, chata, etc. Veja um exemplo:

Dúvidas frequentes sobre parafuso Allen

 2. Como retirar parafuso Allen com fenda espanada?

Este é um problema recorrente, que pode ser solucionado com alguns métodos alternativos. O mais conhecido, talvez, é posicionar um elástico (ou, até mesmo, borracha de bexiga d’água) com largura superior à chave Allen: isso irá aumentar o ponto de contato com a fenda e auxiliar na retirada do parafuso.

A cabeça do parafuso está saliente? Outra técnica consiste no uso de uma serra para fazer uma fenda simples e possibilitar o uso de uma chave de fenda. Importante: para sua segurança, essa técnica só deve ser executada por profissionais com o EPI necessário.

Uma terceira dica, ainda, é utilizar supercola na ponta da chave Allen para aumentar seu diâmetro, permitindo que você gire e remova o parafuso. Logo após, utilize acetona na cola e aplique pressão para soltá-la.

 3. Como retirar parafuso Allen emperrado?

A principal recomendação é utilizar produtos desengripantes para lubrificar a peça e possibilitar o giro. Outra dica é esquentar o parafuso para dilatá-lo e, assim, facilitar a retirada – mas tome cuidado: o calor em excesso pode danificar a qualidade da peça.

E aí, tirou todas as suas dúvidas? Agora que você já conhece as variações do parafuso Allen, suas características e principais aplicações, é só escolher um produto que garanta a qualidade para sua necessidade. Por isso, escolha Ciser. Somos a maior empresa de fixadores da América Latina, e investimos constantemente em inovação para fixar tudo e fazer a diferença.

Confira a linha completa de parafusos Allen da Ciser.

 

Todos os direitos reservados.

A Fantástica Fábrica de Fixadores