Quer saber como fazer um planejamento de produção eficiente na sua empresa? Veja as nossas dicas!

Planejamento de produção é uma etapa essencial para tornar o processo produtivo da empresa mais eficiente. É por meio dele que se dimensiona a quantidade necessária de matéria-prima, organiza-se o chão de fábrica e se consegue otimizar os custos, por exemplo.

Dessa forma, a empresa aumenta as chances de se tornar mais competitiva no mercado. Confira, a seguir, 7 dicas para melhorar o planejamento e controle de produção e obter resultados mais satisfatórios em sua organização!

1. Identifique quais processos precisam de melhorias

Dificilmente se consegue otimizar o planejamento de produção da empresa se existem grandes falhas nos processos. Portanto, consideramos que identificar esses pontos de melhorias deve ser o primeiro passo. Principalmente pelo fato de que as ações ajudarão a promover uma produção mais enxuta.

Para isso, vale a pena fazer um mapeamento das tarefas, apontar os gargalos e quais processos influenciam e são influenciados por eles. A partir daí, fica mais fácil chegar à causa-raiz do problema e encontrar a melhor solução.

2. Trabalhe com a previsão de demanda

A previsão de demanda é um processo que visa criar uma estimativa de vendas para os produtos nos próximos períodos. Ela pode ser feita com base no histórico de pedidos dos clientes.

Vale lembrar que se a sua empresa passa por picos de sazonalidade, eles devem ser considerados na hora de fazer os cálculos. Dessa forma, evita-se faltas ou excessos de matéria-prima, e insumos, por exemplo.

Pode ser que a sua previsão não seja 100% assertiva. Contudo, trabalhar com números próximos da realidade ajuda muito o setor de compras a ser mais eficiente.

Esse time pode estar integrado ao estoque e ao chão de fábrica. Juntos, definem a estimativa e estabelecem uma margem de segurança para evitar faltas e limitar os excessos, de forma que não prejudiquem os processos.

3. Tenha bons fornecedores

Contar com fornecedores confiáveis também é fundamental para ter um melhor controle sobre a produção da empresa.

Pense em um cenário em que você consegue otimizar todos os processos e deixá-los bem eficientes. Mas aí, um de seus fornecedores atrasa a entrega de um insumo importante e, sem ele, as linhas ficam paradas alguns dias.

Nesse caso, todo planejamento de produção falhou. Por mais que alguns processos sejam alheios ao controle da sua empresa, ter bons parceiros de negócios ajuda a ter maior previsibilidade.

4. Conheça a capacidade produtiva da empresa

É indispensável que se saiba qual é a capacidade produtiva da fábrica. Afinal, é necessário encontrar um equilíbrio, evitando horas ociosas por falta de trabalho, bem como possíveis atrasos decorrentes de um superdimensionamento.

Aproveite esse momento para fazer o planejamento de materiais, para que eles sejam comprados em quantidade e nos prazos ideais. Isso também vale para a capacidade do estoque depois que os itens estiverem prontos, caso exista uma gestão de armazém.

5. Crie um plano de produção

Agora, partimos para a parte mais prática do planejamento da produção. Criam-se roteiros a fim de guiar as atividades para o alcance dos objetivos.

Nesse momento, vale ter dados, históricos e metas em mãos, por exemplo. É por meio deles que os gestores conseguem identificar qual é o caminho mais adequado e eficiente para alcançar o desempenho esperado.

Em resumo, é aqui que se define questões como:

  • o que produzir;
  • em quais quantidades;
  • em qual período.

A ideia é dimensionar a produção com base na previsão de demanda. Para formalizar e monitorar os fluxos de trabalho, pode-se contar com um documento chamado Plano Mestre de Produção (PMP).

Ele deve conter, basicamente: a previsão de demanda, a capacidade de produção, o planejamento de materiais e o planejamento da produção.

6. Conte com a tecnologia

O uso da tecnologia proporciona muitas otimizações para a rotina. Antes, o que era manual, demorado e altamente suscetível a erros agora é feito com agilidade e menor probabilidade de falhas.

Há sistemas específicos para ajudar no planejamento da produção da empresa em todas as etapas: desde o acompanhamento da previsão de demanda até o plano mestre de produção.

Para além disso, qualquer tipo de automação industrial vai ajudar a modernizar as atividades na empresa. É o caminho para a transformação digital e a Indústria 4.0.

Isso deixa gestores e analistas mais livres para trabalhar em processos estratégicos e com potencial para trazer resultados ainda melhores.

7. Implemente melhorias contínuas nos processos

Agora que você já sabe como fazer o planejamento e controle de produção da empresa, pode começar a controlar melhor as rotinas, mantendo os fluxos de trabalho mais bem estruturados e implementando melhorias contínuas sempre que enxergar uma oportunidade.

Se possível, documente as mudanças para que elas sirvam de aprendizado. Assim, sempre que precisar fazer qualquer alteração, será possível saber qual caminho deu certo e qual não funcionou como era esperado.

Ficou mais fácil elaborar o planejamento de produção? Lembre-se de quanto mais informações você e sua equipe conseguirem controlar, melhor será o processo de levantamento e análise dos dados no chão de fábrica. Isso sem contar os resultados, que terão mais chance de alcançar o desempenho esperado.

Aproveite que está aqui e confira nosso material gratuito sobre a Gestão da produção na indústria 4.0!

Nanotecnologia