Descubra as características da Fábrica do futuro e como a tecnologia 5G pode ser uma importante aliada para a indústria.

As transformações estão acontecendo todos os dias em diferentes esferas da sociedade. Os recursos tecnológicos têm papel decisivo nesse aspecto, principalmente nas empresas em um movimento que podemos definir como fábrica do futuro.

Hoje, grande parte das coisas está conectada à tecnologia. O celular que você usa todos os dias, a TV que você assiste, até mesmo um apagar de luzes. Esses são exemplos do cotidiano baseados em processamento de dados e Inteligência Artificial.

Desse modo, as empresas precisam encontrar formas de compreender o processo. Acima de tudo, entender que a transformação tecnológica está acontecendo e pode ser uma importante aliada a fim de aumentar a produtividade, bem como os lucros.

Quer saber mais sobre esse movimento? De que modo as mudanças podem impactar na vida das pessoas e dos negócios? E o 5G, a nova tecnologia que promete revolucionar o mercado brasileiro? Qual sua relação? Continue a leitura do texto e descubra.

O que é uma Fábrica do futuro?

Colaborador percorre corredor de estoque com produtos Ciser na fábrica do futuro

Colaborador percorre corredor de estoque com produtos Ciser na fábrica do futuro

A fábrica do futuro contempla um contexto em que a tecnologia está presente em praticamente todos os processos. Ela serve como uma importante aliada na execução de tarefas, cumprimento de metas, processos de automação, entre outros.

Faz parte da quarta Revolução Industrial, iniciada no Século XXI. Isso representa um movimento em que os recursos tecnológicos são responsáveis por oferecer maior eficiência e produtividade. Desse modo, as ações acontecem com base em dados e números.

Entre as principais características, é possível destacar:

  • Maior produtividade;
  • Agilidade aos processos;
  • Custos mais atrativos;
  • Automação das demandas;
  • Utilização massiva da tecnologia;
  • Eficiência no uso de recursos;
  • Menor intervenção humana;
  • Maior uso da Inteligência Artificial;
  • Ações baseadas em dados.

Um ponto importante para destacar diz respeito à inovação. Tudo está atrelado à eficiência produtiva, uma característica marcante e necessária nas empresas.

Essa transformação na indústria tem acontecido desde o Século XVIII, com a Primeira Revolução Industrial. A partir de então, há uma constante evolução até chegarmos à Revolução 4.0 que conhecemos atualmente pautada pelo uso da tecnologia.

  • 1ª Revolução Industrial (1760-1840)
  • 2ª Revolução Industrial (1850-1945)
  • 3ª Revolução Industrial (1950-2010)
  • 4ª Revolução Industrial (atualmente)

A ideia é de um trabalho colaborativo entre pessoas e máquinas. Desse modo, as empresas precisam entender o contexto para ter máxima eficiência em seus processos. Quem souber como explorar os recursos da melhor maneira vai sair na frente dos concorrentes.

Qual a relação da Fábrica do futuro com o 5G?

Um dos recursos é justamente a tecnologia 5G, que promete revolucionar diferentes setores. Mostra ser eficiente no transporte de dados em redes de dispositivos móveis, com avanços significativos em comparação às antigas versões, do 1G ao 4G.

Seu desenvolvimento é considerado como o terceiro ponto mais importante ao longo do processo impulsionado por tecnologias. Aparece atrás somente da ampliação do uso do computador a diferentes pessoas e ao uso dos smartphones.

Os computadores antes eram máquinas imensas, que ocupavam salas inteiras. A Quarta Revolução Industrial proporcionou a compactação a gabinetes e notebook, tornando acessível a rotina das pessoas. Já os celulares transformaram a comunicação de usuários e empresas, acelerando ainda mais o movimento de globalização.

Desse modo, o 5G é essencial para a conexão entre pessoas e máquinas. Integrar os dois lados mostra ser um caminho inevitável, pois leva ao aumento produtivo e à conquista de resultados. Entre as principais características podemos citar:

  • Latência menor, ou seja, na diferença da transmissão de dados – 1 milissegundo;
  • Maior quantidade de dispositivos conectados;
  • Aumento na velocidade de conexão;
  • Conexão entre aparelhos móveis inferior a 5 milissegundos.

Na relação do 5G com a fábrica do futuro também é importante ressaltar a “Internet das Coisas”, principalmente pelo crescimento da conexão entre humanos e as tecnologias, algo que se tornou comum no dia a dia.

A Internet das Coisas

De forma simples, o conceito pode ser definido como uma ampla rede de dispositivos de tecnologia conectados. Voltado para situações do dia a dia, que podem ser no ambiente doméstico, mas também na indústria e em outros segmentos.

Em casa, dá para programar o acendimento de uma luz, por exemplo. Já nas empresas, pode ser o funcionamento de um ar condicionado, ou então a automatização de outros serviços. Há ainda a possibilidade de usar máquinas na colheita no agronegócio.

Aí então entra o impacto do 5G, fundamental para a Internet das Coisas. Afinal, cada vez mais dispositivos vão estar conectados com diferentes objetivos. Ter o novo recurso à disposição permite mais tecnologias conectadas, evitando dores de cabeça e garantindo máxima eficiência no trabalho.

Conheça as vantagens da realidade aumentada na Indústria 4.0

Quais os impactos do 5G na indústria?

Mulheres trabalham com inovação na Fábrica do Futuro Ciser

Mulheres trabalham com inovação na Fábrica do Futuro Ciser

A indústria possui papel essencial na revolução que o 5G pode proporcionar ao dia a dia. Cabe a cada empresa saber como integrar a tecnologia, pois elas devem estar cada vez mais conectadas e presentes no ambiente digital.

Vamos perceber as consequências desse movimento em situações comuns. Afinal, será possível realizar uma verdadeira transformação na rotina de trabalho, sempre com o intuito de aumentar a produtividade e ter resultados melhores.

Entre os impactos que o 5G é capaz de proporcionar na indústria com o uso da tecnologia, é possível citar alguns pontos:

  • Aceleração da transformação digital nos negócios;
  • Expansão no uso de robôs e realidade virtual;
  • Aumento na produtividade;
  • Integração entre diferentes tecnologias;
  • Maior conexão entre pessoas e máquinas;
  • Digitalização de setores das empresas;
  • Amplo uso da Inteligência Artificial;
  • Melhor custo-benefício nos serviços;
  • Rapidez e velocidade aos processos;
  • Competitividade no mercado internacional.

Descubra quais os desafios e as oportunidades da inovação industrial

De olho nos colaboradores

Os gestores e responsáveis da empresa são, geralmente, os encarregados por idealizar e dar o start nessa transformação. Entretanto, a nova revolução impulsionada pelas tecnologias também promete impactar na relação com os colaboradores.

A relação equilibrada entre ser humano e máquinas traz resultados concretos ao tornar processos mais eficientes, com aumento de produtividade.

O profissional da Quarta Revolução Industrial tem que ter características que o destaquem em meio à integração tecnológica. Isso se enquadra em aspectos específicos que tornam colaboradores assim muito recomendados:

  • Multidisciplinaridade; 
  • Fácil adaptação;
  • Trabalho em conjunto com a Inteligência Artificial;
  • Desempenhar atividades mais criativas;
  • Abertos a novos aprendizados;
  • Flexibilidade;
  • Senso crítico;
  • Atualização constante.

É muito importante treinar e capacitar os colaboradores para todas essas mudanças. Desse modo, as empresas conseguem moldar pessoas de confiança e que já estão ambientadas ao local. Por isso, não tenha medo de investir em estudos e cursos de especialização. 

O desenvolvimento da fábrica do futuro vai continuar por um bom tempo, pois a cada dia novas descobertas acontecem em meio à revolução tecnológica. Independente do segmento, a tendência é se beneficiar com a integração entre as partes.

Gostou desse conteúdo? Conheça o Hub #Colmeia, o Centro de Inovação do Grupo H. Carlos Schineider!