Já parou para pensar como e-commerce e marketing digital podem trazer mais clientes e lucros para você? Vem, que eu explico!

Não é segredo para ninguém: o número de vendas pela internet vem crescendo muito nos últimos anos. Um fator é que há sempre o surgimento de novas tecnologias, assim, as atividades on-line só tendem a continuar aumentando.

Apenas em 2020, a atuação do e-commerce cresceu 5% e agora representa 10% das vendas do varejo no Brasil. É isso mesmo, 1 a cada 10 vendas no país são feitas pela internet. Então surge a pergunta: a sua empresa está preparada para se adaptar a esse novo modelo de negócio?

Neste texto, irei explicar um pouco sobre e-commerce e marketing digital – com foco no segmento de material de construção – e dar algumas dicas práticas para você aplicar no seu dia a dia. Vamos lá?

O que é marketing digital?

Antes de tudo, precisamos começar pelo mais básico. O termo vem sendo muito usado e o motivo é simples: as lojas estão continuamente vendo o potencial de vendas do ambiente digital, e devem usar novas estratégias para conquistar clientes. É aí que surge o marketing digital!

Marketing digital é o conjunto de técnicas usadas para divulgar sua marca na internet, como anúncios, uso de redes sociais, campanhas de e-mail, site e blog, vídeos e muito mais. É importante reforçar, porém, que nenhuma dessas atividades funciona sozinha na loja virtual.

Sem uma estratégia bem-definida e pensada especificamente para o que os seus clientes estão procurando.

Por que e-commerce e marketing digital para vendas B2B?

Vender pela internet é, como já era de se esperar, bem diferente do que você já está acostumado. Os novos consumidores do varejo 4.0 estão muito mais informados e procuram outros benefícios.

Por isso, a maneira de divulgar seus produtos também deve ser distinta, até mesmo para seu público corporativo. Olha o marketing digital aí de novo! Abaixo, mostro 3 diferenciais procurados pelos clientes em e-commerce.

1. Agilidade é essencial no e-commerce

No ambiente físico, o cliente sai da loja com o produto em mãos, sem precisar esperar dias ou semanas para recebê-lo em casa. Isso faz toda a diferença, especialmente em um mercado tão competitivo quanto o de revendas de materiais de construção.

Ao vender em um e-commerce, é importante deixar claro que a loja possui uma logística à altura para garantir uma entrega rápida e segura. Isso passa por processos como:

  • compras;
  • armazenamento;
  • embalagem;
  • e, claro, a entrega.

2. Segurança ao comprar on-line

E por falar em segurança, muitas pessoas ainda têm receio de comprar pela internet. Especialmente em atacados, onde é necessário inserir as informações bancárias para fazer compras em grandes quantidades.

Claro, o ambiente digital hoje oferece diversas certificações e tecnologias que garantem a proteção de acesso e de dados – mas seus clientes devem saber disso.

3. Credibilidade da loja física para a virtual

Muitas marcas já consolidadas no mercado chegam no mundo virtual e, sem um marketing digital estratégico, acabam perdendo espaço (e vendas) para outras marcas.

Com um site e redes sociais pouco trabalhados, quase amadores, a empresa não transmite a agilidade e a segurança já citados ali em cima – logo, podem deixar a dúvida: “será que é a mesma loja que eu já conheço? Vale a pena correr o risco?”

Leia também:Transformação digital no varejo: como será a segunda onda de vendas online?

Parceiros de negócio ajustando o estoque do e-commerce e marketing digital

Estoque organizado é muito importante para o e-commerce e marketing digital da sua marca

Quais as vantagens de montar uma estratégia de e-commerce e marketing digital?

Já falei um pouco sobre o que os consumidores esperam de uma loja virtual. Mas a questão é: quais são os benefícios para você investir nesse novo modelo de negócio?

Afinal, um e-commerce e marketing digital como estratégia robusta exigem uma equipe especializada e investimentos extras, só para iniciarmos o assunto. Porém, as vantagens podem te levar muito além do que foi inicialmente empregado.

Os benefícios são muitos, mas, para iniciar você no tema, separei 3 principais

1. Maior alcance de clientes

A loja física limita suas vendas apenas para clientes da sua região, que precisam ir pessoalmente ao local. Ao vender pela internet, é possível vender e garantir uma logística ágil de entrega para diferentes cidades, estados ou, até mesmo, para o Brasil todo.

2. Marketing certeiro para mais pessoas

Outra grande vantagem do marketing digital é sua facilidade de divulgar sua loja de materiais de construção para grandes públicos com muito mais facilidade.

Além disso, também possibilita uma segmentação de anúncios para interesses e localizações específicas, otimizando seus gastos para atingir clientes em potencial.

3. Atendimento 24 horas – sem pagar a mais por isso

Manter uma loja aberta 24/7 exige um investimento imenso, poucas vezes rentável. Já o e-commerce está sempre disponível para vender e não depende de custos extras para isso.

4. Gestão de estoque otimizada

Ao contrário do ambiente físico, que precisa renovar os produtos constantemente para não haver falta, a venda por e-commerce pode concentrar o estoque de todas as lojas em um único espaço, tendo uma logística que estuda as melhores estratégias de entregas.

Caso sua atuação seja mais ampla, com diferentes canais de distribuição, também é possível se utilizar de tecnologias que garantem um controle de estoque extremamente detalhado e inteligente, que pode avaliar quais produtos mais giram e antecipadamente enviar os itens para os centros específicos.

Leia também: Os desafios da gestão de estoque

E-commerce e marketing digital devem substituir sua loja física?

Claro que não! Por outro lado, a loja física também oferece diferenciais e argumentos comerciais superiores, como:

  • atendimento pessoal;
  • pronta-entrega;
  • contato prévio do cliente com os produtos;
  • auxílio de vendedores especialistas.

O ideal é analisar maneiras de unir os dois ambientes – físico e digital – para potencializar suas vendas online. Por exemplo, um cliente que viu o produto na sua loja física, mas quer comprar na internet para ser entregue em outro estado.

Basta usar a tecnologia para ter um stand computadorizado e conectado à internet para que o vendedor da loja física em conjunto com o cliente formalize a compra.

4 dicas para montar sua estratégia de marketing digital

Eu já falei muito de como o e-commerce e marketing digital podem potencializar suas vendas, especialmente quando pensados juntamente às vendas em lojas físicas. Mas você já deve estar se perguntando como isso é feito, na prática.

Então vamos ao que interessa!

1. Entenda o que seu público realmente procura

Claro, você conhece muito bem o seu cliente. Mas cuidado: muitos empresários perdem grandes oportunidades de venda, e, consequentemente, espaço no mercado, por acreditarem que já sabem tudo.

A verdade é que os consumidores e o mercado estão constantemente se atualizando, e sua loja precisa acompanhar a mudança. O marketing digital se utiliza de diversas técnicas e ferramentas para descobrir interesses e hábitos específicos dos seus clientes, que antes seriam impossíveis de deduzir.

Com isso, você poderá entender onde investir e quais argumentos utilizar para convencer à venda.

2. Escolha os principais canais digitais

O mundo digital oferece inúmeras possibilidades de divulgação: 

  • Facebook;
  • Instagram;
  • LinkedIn;
  • e-mail;
  • blog;
  • banners em sites parceiros;
  • anúncios no Google Display;
  • e-commerce B2B próprio;
  • marketplace.

E essas são apenas um pedacinho do que você irá encontrar por aí. Mas será que seus clientes estão no Facebook, por exemplo? Ou você estará desperdiçando seus investimentos?

Por isso, e repito aqui, é tão importante entender muito bem o seu público e quais os seus interesses. Dessa maneira, você poderá executar um plano de marketing digital tático, com menor margem de erros.

3. Marketing digital só funciona com métricas

É impossível saber se você está atingindo o objetivo esperado se… você não sabe qual é o objetivo. Você tem um e-commerce e quer vender mais? Neste caso, é para atuais ou novos clientes? Quem sabe, o objetivo inicial é apenas marcar presença e divulgar sua marca.

É como diz aquele clássico ditado: se você não sabe aonde quer chegar, qualquer caminho serve. Por isso, inicie definindo um objetivo muito claro e, depois, faça um monitoramento constante para saber se seu negócio está sendo bem-sucedido.

4. Se possível, contrate um profissional ou uma equipe especializada

Claro, é muito difícil ter uma loja de materiais de construção e, ao mesmo tempo, ser especialista em marketing digital. A estratégia de divulgação é fundamental para o sucesso e os lucros da sua loja e, até mesmo por isso, é importante avaliar o auxílio de pessoas especializadas no assunto.

São elas que poderão auxiliar você a compreender seu público, definir objetivos e analisar as métricas da maneira correta – otimizando seus gastos e trazendo mais retorno financeiro.

Outra possibilidade (que pode ser aliada da contratação, veja bem) é investir na capacitação de profissionais para que possam ser responsáveis pelo marketing digital da sua empresa.

Prontinho. Agora você já sabe como o e-commerce e marketing digital se se ajudam como estratégia. Além disso, sua revenda de materiais de construção agora conta com uma pessoa capacitada para alavancar as vendas, você.

Quer saber quais são os melhores produtos para vender em sua loja online? Baixe nosso infográfico Top 10 produtos mais vendidos Ciser

Gestão de estoque novidades e tendências